terça-feira, 5 de outubro de 2010

ESPECIAL GP BRASIL: EM 2007, NÃO SABIA O QUE FAZER...

Sem saber ao certo o que fazer, sem saber ao certo no que iria dar, sem saber ao certo no que poderia acontecer, comprei meu ingresso para o GP Brasil de 2007 logo no primeiro dia de vendas, garanti o número 99...e esqueci a corrida por alguns meses, sintoma de um mestrando.

Mas quando os estudos deram um tempo, já era meio de outubro e a corrida mais esperada do ano estava prestes a acontecer e eu lá, numa paz incomum...faltava pouco e eu nem aí. Não sei se pelos estudos, pela falta de expectativa ou por não ter brasileiros disputando as principais posições, aguardava uma corrida morna.

Sem conhecer ninguém, desta vez iria sozinho à Interlagos. Alguns dias antes, surgiu a súbita idéia de procurar no orkut se mais alguém iria. Achei um pessoal que iria ficar no setor G, a GGOO. Ótimo, pensei, pelo menos tenho alguém pra guardar lugar no domingo cedo.

E assim chegou o sábado, e lá fomos nós com destino à Interlagos. Exatamente às 7:32h ligo para a pessoa que estava organizando a comunidade.

- Marcos?. Aqui é o Roque, onde vocês estão?.
- Na placa dos 50 metros? Opa...estou a caminho. Como identifico vocês?
- Camisa amarela, disse Marcos.

Camisa amarela? Sim, de longe, espremidinha entre alguns nomes conhecidos dos GP's Brasil lá estavam eles, meio tímidos mas acima de tudo felizes.

Ao ser apresentado a todos (pela ordem: Marcos, Ice, André, Fernanda, João, Igor, Carola, Jorge, Carolina, Dou Juanes, Duff, Stik e mais um montão de gente...), vi que a galera também estava se conhecendo após longas conversas virtuais.

Assim, também meio tímido, fui entrando na onda da galera, fui me ambientando com todo mundo. Das brincadeiras à preferência por Barrichello e a torcida por Felipe Massa foram a tona durante as conversas no decorrer do dia.

Ao terminar as atividades de sábado a galera foi pra fila. E voltei para casa para terminar alguns trabalhos profissionais com a promessa de que estaria na fila ou nas arquibancadas assim que os portões abrissem.

Dito e feito, depois de pegar o trêm às 4:30h, cheguei a Interlagos no domingo às 6:30h. Os portões tinham acabado de abrir. Mal entro no autódromo, o telefone toca. Era o Igor querendo saber onde eu estava. Após o aviso que estava subindo e descendo as escadas, encontrei todos que dormiram na fila.

E assim foi, das brincadeiras já tradicionais as novas brincadeiras, todo mundo foi se conhecendo, se divertindo e, principalmente, curtindo aquela experiência única.

Ao final do dia, a foto oficial. Foto oficial? Sim e isso seria um procedimento que viraria rotina dali pra frente, sempre que houvesse um encontro do pessoal da GGOO, deveria ter uma foto oficial.

Como tudo se formou virtualmente, foi através dos computadores que a galera foi comentando sobre a corrida e começando a organizar o próximo encontro, a final da temporada da Stockcar. E assim aconteceu. O povo de São Paulo em peso pra ver a corrida, mais um dia de diversão e mais uma foto oficial.

Mas depois da corrida, cansado, voltando para casa nos novos trens colocados à disposição da população pelo dirigentes públicos do Estado e Cidade de São Paulo, fiquei matutando sobre o final de semana.

Com o raciocínio meio lento cheguei a uma definição: ESPETACULAR! Nem tanto pela corrida, afinal tivemos que engolir o Massa abrir passagem para o Kimi em prol do campeonato...mas pelo fato de ali ter conhecido pessoas fantásticas que se deslumbravam a cada volta de um carro, que brincavam, que discutiam corridas e que acima de tudo, estavam escrevendo um momento especial na história.

Esse pessoal que mal conhecia (para não falar que não conhecia), além de me acolher com o máximo de carinho, despertaram aquele ser fanático por corridas que estava adormecido, me fizeram voltar a Interlagos...me fizeram pesquisar a cada desafio proposto.

Esse pessoal, aqueles poucos fandanGGOOs amarelos na placa dos 50m me fizeram uma nova velha pessoa, renovada...

E assim foi, ainda no final do ano haveria a corrida do Trofeo Maserati, depois, após excelente sugestão do bahiano Jorge, um amigo secreto, depois um aniversário, corridas e mais corridas, invasões de pista, fotos oficiais...e este bando de loucos estavam cada vez mais unidos.

E para quem pensa que as atividades da GGOO se resumem a corridas, pode ter certeza de que outros eventos fora dos circuitos já acontecem e vão acontecer cada vez mais. Assim, sem ao menos perceber, a paixão (ou a loucura) pela GGOO, que começou exatamente no GP Brasil de 2007, tomou conta de todos que dela participam e que fazem de tudo para que possam se reencontrar, trocar idéias, brincar e sacanear com os outros, afinal, agora, a corrida é apenas mais um motivo para todos se divertirem.

E assim, o tempo passou e ainda sem saber o que fazer, eu...tenho que agradecer estes anos maravilhosos que passamos juntos e que tivemos inúmeras conquistas: da amizade às partes de carros; das divertidas conversas aos momentos de desabafo; dos momentos de apoio aos momentos solertes de animação.

Três anos e três GP Brasil se passaram....e a paixão, a diversão e a amizade continuam cada vez mais firme e forte, aguardando ansiosamente mais um GP Brasil que vem pela frente.

3 comentários:

Renner Manaus - Jungle Boy v2.0 disse...

2 ano chegando. A ansiedade é a mesma !!! k saudade

Marcos - Blog da GGOO disse...

Vô mais não!!!
Tô de saco cheio de vcs... povo pirado demais...

Igor * disse...

abandona isso!!!