terça-feira, 18 de maio de 2010

AS SEMELHANÇAS ENTRE WEBBER, BARRICHELLO E MANSELL

Antes de começar a temporada 2010 de Fórmula 1, pelo menos seis pilotos eram apontados como favoritos ao título: Michael Schumacher, Fernando Alonso, Jenson Button, Lewis Hamilton, Felipe Massa e Sebastian Vettel. Porém, muito pouco se falava do australiano Mark Webber, que agora lidera o campeonato com 78 pontos, duas vitórias e duas pole positions.

Curiosamente, o Webber é o piloto que mais tempo demorou - entre os vencedores - a ganhar uma corrida na história da categoria. Somente após 130 Grandes Prêmios e oito temporadas o australiano conquistou uma vitória. O triunfo inicial ocorreu no GP da Alemanha, em Nürburgring, no dia 12 de julho do ano passado.

Webber segue os passos de outros pilotos que também demoraram a ganhar uma corrida, mas acabaram disputando o título mundial da temporada. São os casos de Rubens Barrichello, Jenson Button, Nigel Mansell, Mika Hakkinen e Eddie Irvine.

Até Webber vencer a primeira corrida, Barrichello era o detentor do "jejum de vitórias". O brasileiro conquistou seu triunfo após 124 provas na categoria, no GP da Alemanha, no dia 30 de junho de 2000, na sua oitava temporada, a primeira com a Ferrari.

A vitória de Barrichello ocorreu em uma confusa prova em que largou em 18º, com chuva e até pista invadida por um manifestante.

Depois de ganhar a primeira corrida, Rubinho conquistou mais dez vitórias e dois vice-campeonatos (2002 e 2004), além de ter 14 poles na carreira. O principal momento dele foi em 2009, quando disputou o título até a penúltima etapa. O brasileiro terminou em terceiro na classificação do Mundial de Pilotos.

A temporada do ano passado foi conquistada pelo seu então companheiro de Brawn GP, Jenson Button, outro que também demorou a vencer a primeira corrida. O inglês conquistou uma vitória no GP Hungria, em Hungaroring, em 2006 - na sua sétima temporada, depois de 113 provas. Button já venceu nove vezes, fez sete poles e está em quarto lugar na atual temporada.

O também inglês e considerado um dos mais talentosos pilotos da história do automobilismo, Nigel Mansell, também passou por um tabu de vitórias. Ele só terminou em primeiro lugar uma prova no GP da Europa, em Brands Hatch, depois de 72 corridas na carreira, na oitava temporada. O britânico foi campeão somente em 1992, após três vice-campeonatos.

Mansell encerrou a carreira em 1995, com 31 vitórias, 32 poles, 30 melhores voltas e 59 pódios. Em número, o inglês está entre os dez maiores da história da F1 em todas as estatísticas da categoria.

Entre os pilotos que enfrentaram jejuns de vitórias, quem teve um dos melhores desempenhos foi o finlandês Mika Hakkinen. Em 1997, o nórdico venceu o GP da Europa, em Jerez de La Fronteira, após 96 corridas e sete temporadas. Após o triunfo, o desempenho de Hakkinen foi surpreendente: conquistou os dois títulos mundiais seguintes e foi vice em 2000.

Além disso, o bicampeão faturou 20 vitórias, 26 poles, 25 melhores voltas e 51 pódios, sempre com a McLaren. Mesmo não sendo considerado por muitos especialistas um grande talento do automobilismo, os números do finlandês o colocam sempre entre os 12 maiores da história em todas as estatísticas.

Com uma carreira bem mais modesta, o irlandês Eddie Irvine disputou o título mundial com Hakkinen em 1999, mas foi vice. Naquela temporada, o britânico ficou incumbido de levar a Ferrari à conquista do campeonato após seu companheiro, o então líder Michael Schumacher, sofrer um acidente na oitava etapa, que o tirou de seis provas.

Irvine venceu pela primeira vez naquele ano, no GP da Austrália, em Melbourne, após disputar 81 corridas e sete temporadas. Encerrou a carreira em 2002, com apenas cinco vitórias, 26 pódios, uma melhor volta e nenhuma pole position.

Confira os dez que mais demoraram para vencer um GP na F1:

1. Mark Webber - 130 GPs
2. Rubens Barrichello - 124 GPs
3. Jarno Trulli - 117 GPs
4. Jenson Button - 113 GPs
5. Giancarlo Fisichella - 110 GPs
6. Mika Hakkinen - 96 GPs
7. Thierry Boustsen - 95 GPs
8. Jean Alesi - 91 GPs
9. Eddie Irvine - 81 GPs
10. Nigel Mansell - 72 GPs

Um comentário:

Igor * disse...

webber < barrichello < mansell
mas essa é apenas a minha humilde opinião!!!