segunda-feira, 17 de maio de 2010

GP DE MÔNACO FORA, POR QUE NÃO?*

* Por Rodrigo Borges

É difícil imaginar o que seria da história da Fórmula 1 se não houvesse o GP de Mônaco. Aquelas ruas consagraram gente como Ayrton Senna, Graham Hill e Michael Schumacher. Lá tudo é diferente, é especial. Até o pódio é diferente. Mas já faz algum tempo em que Monte Carlo é para a F-1 apenas história.

Toda vez em que é divulgado o calendário, está lá escrito, em algum domingo de maio: “corrida chata”. E se cumpre com rigor. O GP de Mônaco é insuportável, sem razão de existir a não ser pela sua história e suas dezenas de clichês, como o “charme do principado”. É um point da ostentação para ricaços, até suas fotos são previsíveis, como aquelas das moças de biquíni tomando sol numa laje de luxo e um carro passando lá embaixo.

Mônaco só tem graça quando Trulli passa por cima do carro de Chandhok, quando Barrichello bate e atira o volante pra longe do carro. Se não houver um incidente, acidente ou uma polêmica, como uma ultrapassagem na última volta quando o safety car saiu-mas-não-saiu, o GP de Mônaco seria uma anticorrida.

Parece que na Fórmula 1 há uma regra não escrita de que jamais poderá ser sugerida a exclusão de Monte Carlo do calendário. Tolice. Meus respeitos ao GP de Mônaco, mas se Estoril, Jerez, Paul Ricard, Montreal, Indianápolis e Spa (até Spa) já deixaram o calendário em algum momento, por que não o principado?

Porque lá há muita grana. Porque Bernie Ecclestone toma Activia com Johnnie Walker e caga e anda pra este negócio de história, charme e nostalgia. São apenas euros que mantêm aquele lugar como palco de uma prova de Fórmula 1. Mas deveria mudar. Monte Carlo não faz mais sentido. Que seja apenas um quadro na parede, fotos no álbum e muitos vídeos de seus grandes momentos. Mas hoje não há motivo para o GP de Mônaco existir.

5 comentários:

ANDRE DE ITU disse...

dessa vez vou discordar....f1 sem monaco não e f1...

Fabricio Spada disse...

PQ Maio? Monaco tinha de ser num mês de chuvoso.... Ai sim...
Lembro de uma corrida que só chegaram 6 carros (um deles o Barrichello)

Marcos - Blog da GGOO disse...

Com tanta segurança que se exige nos carros pra se andar a 300 km\h e com a velocidade média que se anda em Mônaco, lá deveria ser disputado sem os spoilers...aí sim teria graça....

Anônimo disse...

HEREGE !! F-1 sem Monte Carlo não existe.
NUNCA MAIS ESCREVA UMA HERESIA DESSAS !
É em Mônaco que se separam o joio do trigo, lá se separam os motoristas; dos pilotos de verdade.
Ayrton Senna se lesse isso aqui ia jogar o capacete em quem escreveu... hehehehe

Igor * disse...

QUE ABSURDO!!!

tirem barcelona ou qualquer um dos "tilkódromos" do calendário, o problema não é a "corrida chata" de mônaco e sim todas as outras que além da chatas não representam nada para a F1!!!