sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O FIM DA COPA CLIO

A notícia é de Victor Martins: A Renault do Brasil vai aproveitará o anúncio que sua matriz francesa vai fazer em torno da F1 para anunciar uma reviravolta em seus planos em terras canarinhas.

A montadora pretendia manter sua categoria de turismo por aqui, até apontando uma evolução. Os Clio dariam lugar aos Sandero. Só que não vai ter nem Copa Sandero, que fosse esse o nome, nem Copa Clio.

A categoria, que começou tão bem, que atraia público pagantes aos autodromos brasileiros, que levava "anônimos" para dar algumas voltas nas pistas, como fizemos aqui, que encantava e formava campeões (Lucas Di Grassi, Kubica, Marcos Gomes...) foi com o tempo deixada de lado e hoje quase agoniza quando participa das provas em conjunto com a GT3.

Uma pena e, mais uma certeza de que o automobilismo brasileiro vai perdendo sua força, encanto e originalidade.

3 comentários:

Rodrigo Lopes - O Moconauta disse...

E VIVA A CBA!!!

- IGOR! - disse...

pra mim não fará falta alguma!!!

Marcos - Blog da GGOO disse...

Sou leigo no assunto (...), mas entendo que uma categoria a menos, seja qual for usa importância ou visibilidade, é um grau de dificuldade a mais pra quem almeja essa carreira, uma vez que diminui o leque de opções.
É uma pena.