sexta-feira, 23 de maio de 2008

Bruno Senna: "acho que Ayrton estaria orgulhoso"



Sobrinho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton, Bruno Senna fez reviver o sobrenome da família no Principado de Mônaco, ao vencer a prova longa da GP2 nesta sexta-feira. Emocionado, o piloto brasileiro dedicou a vitória ao ídolo, que subiu ao lugar mais alto do pódio de Monte Carlo em seis ocasiões."Estou em êxtase. Foi fantástico. Ganhar aqui é um sonho. Acho que o Ayrton estaria orgulhoso de mim por manter a tradição da família neste lugar", comemorou Bruno, que recebeu o abraço comovido da mãe Viviane e da irmã Bianca ao sair do carro.

Nenhum dos cinco primeiros colocados na classificação geral conseguiu pontuar na prova desta sexta. O brasileiro largou na segunda colocação e ultrapassou o venezuelano Pastor Maldonado na primeira curva e dominou o restante da corrida.

Bruno só levou um susto já na parte final, quando um múltiplo acidente na curva Mirabeau levou ao abandono dos primeiros colocados no campeonato, Giorgio Pantano e Romain Grosjean, e quase bloqueou a passagem dos carros.

"Fiquei preocupado com a possibilidade de o Maldonado me passar naquele momento, aproveitando a confusão. Meu engenheiro pediu para eu passar pelo lado direito, mas já não era mais possível. Tive de sair pela esquerda e passar um retardatário com bandeira amarela, mas pelo rádio haviam me avisado que o diretor de prova havia autorizado", explicou.

Com a vitória, o paulista, 24 anos, assume a segunda colocação na classificação do Mundial, antes da prova "curta" de sábado. Em sua segunda temporada na categoria, Bruno superou Grosjean e está a apenas quatro pontos do líder Pantano.

6 comentários:

Loucos por F-1 disse...

É muito bom ver um Senna no lugar mais alto do pódio em Mônaco. Espero que na F1 ele faça prevalecer o sucesso da família em Monte Carlo.

Abraços!

Leandro Montianele

Marcos - Blog da GGOO disse...

Faço minhas as palavras do Leandro.
Pena que não acredito que isso seja já pra 2009...

Augusto Roque disse...

15 anos...e no mesmo dia 23 de maio, Senna vence em Mônaco. Sem dúvida traz aquele saudosismo enorme das manhãs de domingo.

Giselle Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog F1-V8 disse...

Poxa, foi uma sexta feira de saudade gostosa... Antes a gnt lembrava do nome do Ayrton Senna com dor e pesar, hj nos recordamos do nome dele com alegria e esperança... Parabéns ao Bruno!!!

- IGOR! - disse...

foi muito legal mesmo, parabéns ao bruno!!! agora só resta torcer para que a mídia (brasileira principalmente) não "frite" o rapaz com comparações sem sentido... a pressão pelo sobrenome que carrega já é absurdamente grande!!!