sexta-feira, 11 de abril de 2008

COLUNA DO ROQUE:

Quando os sinos começam a badalar, é sinal de que está na hora da celebração e da reflexão também. Passadas as 3 primeiras corridas da temporada 2008 da Formula 1, já temos algumas questões que merecem a nossa atenção e nos trazem, sem dúvida nenhuma, alguns questionamentos.

Começando de trás pra frente, a equipe que mais evoluiu neste começo de temporada foi a Honda, que amargava sempre as últimas posições em 2007 e, neste ano, tem tudo para beliscar alguns pontinhos. Agora, será que este desempenho superior fará com que Barrichello não passe o ano em branco?

Na BMW, o ano começou cheio de dúvidas e quando os carros foram para a pista, eles simplesmente voaram e merecem com todas as pompas o tratamento que estão recebendo, a quase pole de Kubica na Australia e a pole dele no Barhein contribuem para o fato de que a equipe começa a vislumbrar vitórias em seu caminho. Mas, em 2009, o polonês voador permanecerá na equipe ou irá para a Ferrari?

A Renault, coitada, foi a equipe que mais andou para trás, mesmo com Fernando Alonso em um dos volantes, a equipe peca pela falta de confiabilidade do carro e também pela falta de velocidade do mesmo, que diga Nelsinho Piquet. Os boatos dizem que Alonso sai da Renault antes do final do campeonato, será?

Já a Mclaren vive dias de reflexão, tem dois bons pilotos mas o momento não é bom. A saída de Alsonso deixou a equipe sem um norte, sem um rumo. Agora, com a pressão toda em cima de Hamilton, vemos que falta experiência à equipe na hora da decisão das corridas, some-se a isso um carro que parece não ser tão bom assim e pilotos tentando andar mais que o carro, o que vemos é uma suscessão de erros e batidas. Será que Hamilton segura a onda e consegue liderar o time ou era apenas um piloto que, com o acerto adequado (fornecido pelo seu companheiro de equipe) e sem pressão, corria com a faca entre os dentes?

Por último a Ferrari parece estar a passos na frente dos demais concorrentes, cabe à ela dar condições para que seus dois pilotos possam desempenhar, na pista, o papel vitorioso que tiveram a dupla Schmacher/Barrichello e disparar nos campeonatos em que disputa (pilotos e construtores). Será que, apesar de ser um dos grandes pilotos rápidos em uma única volta, Felipe Massa consegue manter uma consistência adequada de ritmo de corrida de modo a fazer com que os erros recaiam sobre o finlandês de gelo?

A única certeza que tenho é que em Interlagos (daqui a 6 meses) dois pilotos de uma equipe vermelha disputarão o título, e aí, sem dúvida, o melhor vencerá.

4 comentários:

ROSIANE disse...

É...a temporada começou e só temos uma coisa a dizer, a fomrula 1 não é mais a mesma, muitas mudanças, só nos resta torcer para q nossos heróis brasileiros consigam tirar o maior proveito possível....porém as inovações ajudam para deixar as expectativas ainda maiores e cada corrida cada vez mais emocionante!!!
beijokass

Loucos por F-1 disse...

Realmente a Ferrari tem tudo pra conquistar o título desse ano, mas ainda acho muito cedo pra qualquer previsão de título. A McLaren e o Hamilton ainda podem evoluir muito.

Abraços!

Leandro Montianle

Marcos 5-3-3 disse...

É Leandro, não nos esqueçamos tb da evolução (impressionante) a olhos vistos, da BMW.
Na minha opinião, vai incomodar.
De resto, é só torcida pelos brasileiros.
A única certeza até o momento: a GGOO!!! vai estar lá em Interlagos, na placa do 50 metros, abrilhantando o espetáculo.

Cin disse...

É... Além da Ferrari e da McLaren, que já eram nomes certos na disputa pela liderança, a BMW certamente desponta como uma "pedra no caminho". Até mesmo a Honda, que ainda está mais longe... apresentou melhora considerável! E a Renault??? Será que vai conseguir melhorar o carro o suficiente para que Alonso consiga brigar mais de perto com o batalhão de frente???
Só posso dizer que a F-1 está melhor sim, mais competitiva, mais emocionante, e sim, esse ano em interlagos, na placa dos 50m veremos mais um campeão se definindo!!!