quinta-feira, 19 de março de 2009

TIMIDEZ?

Ao dizer que Massa é "Provavelmente muito humilde e tímido para este negócio que é a F-1", as falas de Jean Todt sobre Felipe Massa, publicadas no Tazio me fazem pensar sobre o que representa o piloto brasileiro.

Será apenas timidez ou seria falta de carisma? Ou mais ainda, por mais competente que seja (disso eu não duvido), falta-lhe mostrar quais são seus verdadeiros valores.

Alguns dirão-me, ele é patriota. Outros, ele é frio. Outros, ainda, ele não fede nem cheira.

Mas pelo fato dele ser brasileiro, e ter uma imagem positiva altamente ativada pela emissora Global, me leva a crer que essa suposta timidez nada mais é do que um reflexo de falta de carisma geral provocando, até, um ar de arrogância para quem o vê.

Diferente dos pilotos brasileiros das gerações anteriores que eram ídolos (incluo nesta geração Rubens Barrichello), a geração atual de pilotos brasileiros não está mais nem aí.

Seria isso timidez?

6 comentários:

Marcos - Blog da GGOO disse...

Nem precisa falar muito do Massa,é só ver os resultados dos testes da Brawn pra ver como os torcedores se agitaram e encheram de esperanças por bons resultados do Rubinho.
É o assunto do momento na net.
Traduzindo esse bafafá todo da net, pra mim, isso é carisma.
O Massa tem muito marketing em cima dele....
Lógico, são brasileiros, torço pelos dois, mas o Barrica passa mais emoção pra galera.
Mas tudo isso, é só minha singela e humilde opinião.

Rodrigo Lopes disse...

eu ainda acho q depois do GP Brasil do ano passado, ele se tornou mais humano... até hj vc vê entrevistas dele falando q a torcida brasileira é única e q ele não vê isso em nenhum outro lugar do mundo... concordo que o Rubinho tem uma carisma infinitamente superior, mas acho q o Massa está indo para o caminho certo...

[]`s

- IGOR! - disse...

é engraçado como a memória da maioria é curta!!!

já escrevi num post anterior que prefiro o barrichello, mas graças aos massa eu (e todos os presentes) viveram uma das maiores emoções possíveis ano passado em interlagos...

acho a maior besteira querer criar essa rivalidade massa-barrichello (e vejo essa tentativa em alguns textos escritos aqui ultimamente), pq não torcer para os dois???

Augusto Roque disse...

Não, Igor. Sem brigas. Torcemos pelos dois, mas sem ufanismo barato (ou global).

É apenas um comparativo de postura entre um e outro. Depois do "renascimento" de Barrichello, o Felipe simplesmente sumiu. Ninguém mais fala dele, como ninguém fala de Nelson Piquet.

Tudo bem que o argumento é a novidade chamada Rubens, mas nem quando o assunto mudou e passou a ser a mudança nas regras do campeonato (onde o Felipe, em tese, seria um dos grandes beneficiados por ela), ele foi lembrado sequer.

É aí que mora o argumento deste texto.

Compreendeu?

Marcos - Blog da GGOO disse...

É...entendeu?
Ou quer que desenhe?
:P

fabricio disse...

Eu quero que desenhe, só pra ver como que fica, hehehe...