sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

COLUNA DO ROQUE: SÓ NO JEITINHO

Faltando pouco mais de 60 dias para a abertura da temporada da Fórmula 1, as equipes começaram a colocar o seu "time em campo" e mostrar as suas pseudo armas para um longo campeonato.

Por mais que tais testes não representem muita coisa em termos de competitividade para o público, para as equipes é interessante uma vez que os pilotos estão descobrindo o funcionamento do novo carro, suas caracteristicas, seu modo adequado de pilotar, além de testar componentes específicos.

E aí que entra o jeitinho das equipes, sempre buscando brechas no regulamento, usa e abusa de artifícios para obter melhores resultados.

A história começa com as especulações de quem vai usar o Kers na primeira corrida ou não. Muitos dizem que ainda não o tem pronto, após os primeiros testes, algumas equipes já falam em usar miniKers somente para a largada e outras já falam em usar o equipamento em sua integralidade.

E vai mais além, com algumas equipes ainda testando o carro novo com artifícios do ano passado, onde o carro vivia cheio de penduricalhos, asinhas e afins. Seria isso falta de confiança no carro? Falta de um piloto que realmente saiba entender problemas e passar as melhores informações para os engenheiros? Ou será que o negócio destes pilotos é só sentar no carro e acelerar?

Enquanto o final de semana da corrida da Australia não chegar, as equipes passarão a maior parte do tempo buscando soluções baseadas em resultados de pista (suas e de seus concorrentes) e, acima de tudo, buscarão subterfúgios por meio das brechas no regulamento, dando um jeitinho aqui, um jeitinho acolá para fazer de tal carro, um carro vencedor.

E uma dúvida fica, se houverem muitos problemas nos carros, será que o piloto também dará o seu jeitinho ou os atuais "pilotos de simulador" não saberão improvisar?

Respostas na corrida de abertuda do campeonato, na Australia.

5 comentários:

Cin disse...

Jeitinho... então esse ano dá massa... nada como os brasileiros para darem um jeitinho!!! hehehehe

Rose disse...

graças a Deus nós brasileiros somos os mestres do jeitinho..e vamo q vamo, que esse ano é Massa..
Eu Acredito!!!! kkkkkkkkkkkk

Duff disse...

existem um dito popular que diz:

"Se mudar a cor do capim, o burro more de fome."

Veremos quem é quem nesse campeonato.

Marcos - Blog da GGOO disse...

Neste caso, entendo que jeitinho signifique habilidade, talento, competência.
Pra mim que, acompanho corridas desde que me conheço por gente (final da década de 70), e vi pilotos andarem em carros que dependiam de pura habilidade e perícia, fico perplexo em ver alguns falarem de seus carros hoje, que não são bons, que saem muito de frente ou traseira, é instável, o KERS atrapalha, não tem mais TC, falta asa, etc.
PILOTO QUE É PILOTO, ACELERA COM OS 2 PÉS, PÕE A BARATA DE LADO NA CURVA, SEGURA NO BRAÇO E VAI EMBORA!!
Se derem um carro dos anos 70 pra eles hoje, nem saem do lugar, se sairem, não fazem a primeira curva.
Lastimável...muito pilotinho de autorama tirando lugar de gente boa.
Mas essa, é só minha singela e humilde opinião.

PS: dinossauro é a mãe!!

- IGOR! - disse...

regulamento novo, todo mundo tentando dar uma de esperto... já aparecem asinhas disfarçadas, bigornas, até espelhos retorvisores e escapamentos foram usado com apêndice aerodinâmico... o que vale??? o que não vale???

e só reiterando o comentário do nosso amigo tiranossauro rex acima... hoje em dia tá cheio de piloto de autorama mesmo!!!