segunda-feira, 12 de abril de 2010

PILOTOS: RENÉ ARNOUX

Arnoux competiu na Fórmula Um de 1978 a 1989, obtendo 7 vitórias, 18 pole positions, 22 podiums e 181 pontos em toda a sua carreira. Competiu também na GP Masters, ao lado de outros veteranos da Fórmula Um.

Ele também foi protagonista da maior batalha da Formula 1, esta foi contra Gilles Villeneuve em Dijon - Prenois (1979). Ele pode não ter vencido a batalha contra Villeneuve mas deixou seu nome estampado na Formula 1. Batalha que pode ser vista ao final deste artigo.

Em 1983, Arnoux fez um grande campeonato no final da primeira e início da segunda fase. Chegou a pontuar nas 6 corridas com 5 podiuns incluindo as três vitórias importante fazendo com o piloto da Ferrari nº 28 disputasse o campeonato com Prost e Piquet na reta final. Chegou a ocupar a vice-liderança com chances de ser campeão, já que estava 2 pontos atrás de Alain Prost da Renault. Porém, na penúltima etapa, no Grande Prêmio da Europa, em Brands Hatch, na Inglaterra, o piloto sentiu a pressão. Largando na 5ª posição, chegou a mantê-la por 9 voltas seguidas, até que rodou na 19ª volta. Perdendo várias posições, teve que fazer uma enorme corrida de recuperação; terminou em 9º lugar. Sem pontuar, caiu para 3º, indo para a última etapa no Grande Prêmio da África do Sul em Kyalami precisando da vitória e torcer para que Prost termine em 6º e Piquet em 4º lugar. Arnoux largou na 4ª posição, perdeu três e ocupou a 7ª por quatro voltas seguidas, caiu para 8ª por mais quatros voltas seguidas também, até que o motor italiano estourou. Arnoux abandonou a prova e o sonho de ser o primeiro piloto francês campeão mundial acabou.



3 comentários:

andre de itu disse...

sensacional!!! que ´´pega´´ de arrepiar...alguem se lembra de algum parecido na f1 atual???

Rebeca disse...

nossa, isso q e batalha...nunca foram campeões mas fizeram um espetaculo....

Marcos - Blog da GGOO disse...

Essa é um dos pegas épicos da F-1!
Pena que isso morreu...