terça-feira, 21 de julho de 2009

GGOO NA TRUCK: O NOSSO SÁBADO

O nosso sábado começa com um chat que fez aumentar a nossa expectativa e combinar os horários. 10h, na estação Barra Funda do metrô. Pontualmente, as mensagens de texto começam a pipocar no celular, nosso nobre Diretor (VIP) DPN chegara a tempo de Jaboticabal, a outra mensagem era da querida Fernanda, dizendo que faltavam apenas quatro estações para ela chegar. Esperamos. Assim que ela chega, distribuímos os kits da Volkswagen Caminhões e Ônibus para cada um. Ao pegar a credencial, alegria total.

No carro, a trilha sonora lembrava os reis do rock e do iê-iê-iê...a ansiedade tomava conta de todos. Chegando mais próximo ao autódromo sinais claros de que haveria corrida já apareciam nas redondezas, faixas, cartazes, postos de apoio...tudo estava sendo montado para tal ocasião.

Mais alguns minutos e nós adentramos, com credencial no peito, pelo portão 7, agora era questão de tempo para entrarmos nos boxes e localizarmos o pessoal da VW, conforme as indicações recebidas.

Era a primeira vez que entravamos nos boxes com tantos membros da GGOO. Deslumbrados começamos a olhar os caminhões a partir do boxe 21, que fica no final da reta dos boxes, quando derrepente, ficamos estáticos, na nossa frente estava ninguém menos que Wilsinho Fittipaldi, como este momento precisava ser registrado e imediatamente o chamamos para uma foto. Fernanda, provavelmente ainda com sono ou deslumbrada com a pista, custou a entender quem era Wilsinho. Logo falamos, o irmão do Emerson, dono da equipe Fittipaldi, logo ela foi atrás dele também e mais uma foto foi tirada.



Curiosos que somos, futricávamos a cada detalhe, querendo saber um pouco mais sobre esta categoria bem como entender o seu funcionamento. Até que chegamos nos boxes nº 13 e lá avistamos a bandeira do Brasil estampada em um dos carros, olhando com mais detalhes, muita gente ao redor. O carro era o de Cacá Bueno e ao seu lado estava o carro de ninguém menos do que Jacques Villeneuve, campeão mundial de f-1, campeão da Indy, vencedor das 500 milhas de Indianápolis. Duvidávamos que pudessemos chegar perto destes carros uma vez que eles estavam separados dos demais (que ficaram atrás dos boxes). Na primeira tentativa, pudemos, por breve instantes tirar fotos do carro do filho do Galvão, uma vez que todos começavam a se preparar para um dos inúmeros treinos da Top Race V6, categoria argentina, que também marcou presença e trouxe o piloto canadense.

Chegamos no começo dos boxes, encontramos a Fernanda da Volkswagen que nos acolheu e nos passou mais informações de como seria o final de semana. Uma promessa de volta na pista acontecera e desejávamos por isso.

Logo após os boxes da equipe Volkswagen estava o caminhão de Roberval Andrade com um adesivo que, segundo o Igor, faria com que ele ganhasse a prova no dia seguinte. O adesivo era do Instituto Ayrton Senna, evocando o espírito Dele para a prova.

Começávamos a voltar para o final da reta dos boxes, quando o locutor anuncia que estão liberados os boxes para a bateria de treinos da Top Race, que foi dividida em 2 etapas. Enquanto calmamente nos dirigíamos ao final da reta, fomos encontrando diversos pilotos, que tiraram fotos conosco, tais como Débora Rodrigues, Renato Martins, Danilo Dirani, Pedro Gomes (que o Igor insistiu em chamá-lo de Marcos), Geraldo Piquet além de conversarmos um pouco com Teo José, locutor oficial da F-Truck.

Já no final da reta para apreciarmos a tocada de cada um, o estilo de tomada de curva e também para ver quem freava mais dentro, o que resultou em inúmeras fritadas de pneu, como essa:

Um verdadeiro colírio para os nossos olhos.

Após algum tempo observando os carros na pista, era hora de voltar a nossa atenção ao box 13, e ficarmos a espera de Villeneuve. Porém, como sempre e para manter a tradição, eis que surge, ninguém menos que o nosso presidente, o Marcão, correndo para saber o que estava acontecendo.


Junto com ele, a primeira dama e mais um fanático, o Guilherme, que desde que chegou, queria por que queria descobrir qual dos caminhões era aquele que "explodia" no show da Truck. Coube a mim, mostrar alguns detalhes, mostrar o motor, o escapamento e carregá-lo no colo por alguns instantes. O time agora estava completo, e, para deixar o dia ainda mais legal, descobrimos que era a primeira vez que nosso ilustre presidente pisava nos boxes de Interlagos. Nestes mesmos boxes carregados de história, escrevia-se mais um capítulo de lembranças.

Porém uma nova movimentação acontece, todos se agitam nos boxes, o capacete de Jacques Villeneuve é colocado em cima do carro. Uma multidão se aglomera para ver. No meio delas estava o pessoal do Octeto, a quem tivemos o prazer de conhecer. Como não queríamos perder nada, fomos chegando mais perto para fotografar o carro e o seu capacete, quando "do nada" surge o piloto canadense.

Surpreendentemente rápido, balbuciei algumas palavras em inglês, solicitando a ele uma foto com o pessoal da GGOO. Solícito ele nos atendeu com uma risada. Era hora de alguém tirar a foto. Minha máquina foi parar na mão de não sei quem. A primeira foto foi com zoom, não sai nada...tiramos o zoom rapidamente, e, enfim, conseguimos a nossa foto.


No embalo, o Marcão aproveitou para tirar uma foto também, porém na rapidez do momento, esqueceu que estava filmando, então sua foto ficou filmada...o que veremos em breve em nosso filme oficial.

Nosso dia já estava completo, felizes da vida, caminhavávamos em busca de novas fotos e de mais alguns detalhes. Porém, a partir daquele instante, podíamos voltar para casa felizes da vida.

Porém antes de irmos embora, paramos para comer na única lanchonete disponível no sábado e, em meio a tantos argentinos pedindo seus lanches, uma agradável surpresa acontece. Ninguém menos do que Ingo Hoffman e Wilsinho Fittipaldi, conversam descontraidamente sobre o Fittipaldi FD-01, carro que pilotaram. Aproveitamos para entrar na conversa, falarmos com nossos ídolos, comentar algumas histórias curiosas, entregarmos um cd com o vídeo "A era dos campeões" ao Ingo, e, principalmente para registrarmos na memória este nosso encontro, que acabou sendo a foto oficial de sábado.



O dia estava completo e, ainda assim, tivemos tempo de mais uma foto com Jacques Villeneuve...felizes, voltamos para casa, já ansiosos e contando os minutos para o grande dia, o dia da corrida da F-Truck.

7 comentários:

Marcos - Blog da GGOO disse...

Putz, foi tudo isso que vc escreveu e muito mais, é que não iria caber aqui se contássemos tudo.
Realmente, um fim de semana pra nunca sair da memória, pra contar e recontar aos amigos.
"EspeStacular"!!!

Octeto Racing Team disse...

Prazer ter conhecido vocês galera!!!
Foi um final de semana inesquecível mesmo!

bjs, Ludy

Cin disse...

Meuuuuuuuu.... que invejaaaaa!!!
Se o resumo de sábado ficou desse tamanho... calculo a história toda... Nadaaaaa como ser VIP...
Vcs estão ficando mtooo chiques!!!

Lucy disse...

Ahhh tô cansada de falar que me arrependi de não ter ido no sábado...

SNIF SNIFF

Fernanda Andrade disse...

Até que você mandou bem Roque, porque pra mim. Esse fds é INDESCRITIVEL.

Que venha a F1!

- IGOR! - disse...

ainda bem que o roque sempre consegue materializar em palavras todas nossas GGOOaventuras... tudo que rolou no sábado já valeu a viagem!!!

Rodrigo Lopes - O Moconauta disse...

pois é... e eu no rio trabaiando... inda bem q não teve pizza pra eu ficar babando enqto vcs comentavam tudo isso!!! rs