domingo, 28 de junho de 2009

SERÁ?

Fábio Seixas informa:

Na lista da equipes inscritas para 2010, a Brawn aparece sem uma fornecedora de motor.

Executivos da Petrobras estarão em Silverstone conversando com várias equipes sobre o ano que vem. Várias mesmo. Das 13 da lista da FIA, a estatal brasileira negocia com 11. As exceções: Ferrari, que tem uma longuíssima parceria com a Shell, e Brawn.

Brawn? Pois é... Estranho, não?

Como é estranho o fato de aquele carro permanecer quase todo branco. Como é estranho o silêncio da escuderia sobre o ano que vem.

Neste ano, a equipe só foi à pista graça a uma força-tarefa comandada pessoalmente por Ecclestone, que não queria o grid esvaziado. É improvável que algo assim se repita. Primeiro, porque a F-1 deve contar com três novas equipes. Segundo, porque ninguém vai querer ajudar um time que ganha tudo. Alguém acredita que a McLaren deixará a Mercedes fornecer motor para uma rival como esta em 2010? Eu não.

Em meio a tudo isso, em que pese a estrutura enxuta e a ajuda financeira da Honda, a Brawn parece dar de ombros para compromissos mais longos com patrocinadores. Estranho...

Se o presente da Brawn é empolgante, o futuro parece nebuloso.

Bem nebuloso, Fábio.

3 comentários:

- IGOR! - disse...

pelo último novo "acordo" FIAxFOTA as equipes atuais se comprometeram em permanecer na F1 até 2012... a brawn estará no grid no ano que vem, mas com a manutenção do regulamento e sem a grana da honda duvido que manterá o domínio mostrado até agora!!!

fabricio disse...

Ross Brown ta jogando uma bela partida de poker, vamos ver se as cartas que ele tem na mão são boas quando resolver mostrar...

Marcos - Blog da GGOO disse...

Truco!!!