quarta-feira, 10 de junho de 2009

Costela do STIK!: Um texto nota 0

O assunto continua no ar, cada dia com mais noticias, cada dia com mais enrolação. O texto que fiz já é um pouco antigo, de alguns dias atrás, mas resolvi colocar aqui para compartilhar minha opnião com a de voces. A Ferrari já se inscreveu para o campeonato de 2010, mas e se não tivesse feito isso? Seria o fim do mundo? Eu creio que não. Leiam, comentem, aprovem, reprovem. Tanto faz, desde que participem.



FIA x Ferrari


Tão grande quanto a repercussão dos resultados da equipe de Fórmula 1 BrawnGP neste ano, é a recente discussão entre algumas equipes com a FIA. O órgão máximo do automobilismo mundial prevê algumas mudanças para 2010, dentre elas, o polemico teto financeiro para desenvolvimento do carro. Pequenas equipes como a BrawnGP e Williams aceitaram na hora o teto, que beneficia quem o aderir, dando direito a testes ilimitados e a horas ilimitadas no túnel de vento, coisa que quem não aderir, sofrerá com os limites dos mesmos, brecando o desenvolvimento. Nessa história toda, a maior equipe da F1, a Ferrari, ameaçou por um tempo sair da categoria. Muitos disseram que a F1 não vive sem a Ferrari e a Ferrari não vive sem a F1. Mas será que é realmente assim?

É fato que a Ferrari é muito importante para a F1, é a equipe que mais disputou GP em toda a história, que mais tem pontos e a que mais tem vitórias. Mas não podemos esquecer que pela F1 já passaram grandes equipes, como a saudosa Lotus de Senna e Chapman o fundador, a Brabham que deu ao brasileiro Nelson Piquet o primeiro titulo na categoria e também a Tyrrell, que em 72 deu a Emerson Fittipaldi o primeiro titulo de um brasileiro na categoria. Essas equipes deixam saudades, mas nem por isso a F1 deixou de andar e evoluir com sempre fez.

Não podemos esquecer que com este regulamento, haverá mais equilíbrio entre as equipes. Pequenas equipes gastam em média 20% do que uma grande gastaria, o resultado se vê na pista. A Force India informou que em 2008 gastou por volta de 50 milhões de dólares, enquanto a Ferrari gastou 600 milhões em todo ano. Vemos o resultado na pista, Force India última, Ferrari campeã de construtores. O teto nesse caso faria com que todos gastassem um valor próximo ao do outro, diminuindo a distancia.

Tudo isso sem falar que equipes novas podem entrar na categoria, tanto que algumas como a Pro Drive e a Lola já se inscreveram para 2010, tendo em vista isso, porque então equipes antigas não poderiam voltar? Brabham já demonstrou interesse, a March, outra equipe antiga que saiu, também está interessada. Porque não matar a saudade?Se a Ferrari sair, uma multidão ficará saudosa, mas a F1 não vai parar, e até equipes consideradas falidas poderão voltar, isso sem contar o equilíbrio que teríamos, alvo de reclamação durante todos esses anos.
---
Obs: Texto nota 0 pois foi essa nota que ganhei na faculdade em uma atividade em que ele foi o meu trabalho.

4 comentários:

Marcos - Blog da GGOO disse...

1º) Stik, passa (em off), o endereço do cara que te deu zero, a gente vai lá e tira a bronca;

2º) Vendo por esse lado, até tem um certo fundamento, mas lembrando que muitas das mudanças na F-1 com o intuito de melhorar a competividade, não funcionaram, inclusive as desse ano, apenas se inverteu parcialmente o grid, digamos assim, e se olharmos bem, tá um pouco pior, pq só tem uma equipe ganhando;

3º) a grande característica da F-1 é justamente essa, ser a categoria máxima em virtude de estar sempre na vanguarda do desenvolvimento tecnológico em virtude dos grandes investimentos. Inúmeras tecnologias presentes dos carros de passeio hoje, são oriundas da F-1, onde foram testadas e desenvolvidas, uma vez que ela é o maior "laboratório" automobilístico para tal. Com implantação do teto, nesse sentido, a F-1 deixa de ser a F-1, vira uma Stock Car, F-Renault e similares, onde todos os carros são iguaizinhos e nem sempre tem tanta competitividade assim.

Mas isso tudo, é apenas a minha singela e humilde opinião.

E a minha campanha continua: "M.M.M."

fabricio disse...

Essa pessoa só pode ter dado 0 por dois motivos: ou vc deveria ter escrito sobre o clima, acidente aéreo ou qualquer merda do genero. Ou essa pessoa é burra mesmo...

Recado da GGOO!!! Não durma pelas próximas semanas...

- IGOR! - disse...

e só levou o zero pq o mestre que "analisou" o texto não deveria entender porra nenhuma do assunto!!!

A. ROQUE disse...

Não entende...

Há que se destacar, como melhoraram (e muito) os textos do Stik!

Boa!