segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Reginaldo Leme: Rubinho tem 0% de chances de continuar na F1

Em seu programa, o Linha de Chegada(do dia 14/10), Reginaldo Leme, ao lado de Emerson Fittipaldi, Luciano Burti e mais um (não lembro quem), afirmou que Rubens não tem mais chances de ficar na F1, as atitudes desesperadas do piloto brasileiro parecem ser de quem sabe que o fim está próximo. Reginaldo ainda comentou que os EUA seriam uma boa opção para o brasileiro.

Emerson disse que Rubinho está motivado e que a experiência dele será de muito valor para qualquer equipe em 2009 e que a Honda deveria ficar mais um ano com ele para desenvolver o carro, ainda mais em um ano com mudança drásticas nas regras, e nisso todos la concordaram.

---

Nunca pensei que uma noticia fosse tão boa e ao mesmo tempo tão triste. A história ao mesmo tempo que pode chegar ao fim, pode ter um novo começo, um começo bem mais promissor do que se tentar a sobrevivência. A chance de duelar pelos primeiros lugares novamente parece ser irrecusável, mesmo que para isso o endereço venha a mudar, o ambiente seja outro, e a cultura e características sejam totalmente diferentes.

Na nova casa, o antes cachorro medroso vira rei (Honda), e da as cartas, e tudo isso em uma das melhores poltronas. Se a viagem realmente acontecer, eu apoiarei e não só torcerei por ele. Irei torcer para que aprendam com ele. E que beba muito, mas muito leite. Ou suco de laranja.

6 comentários:

Pioio disse...

Lamentavel

Marcos - Blog da GGOO disse...

É lógico que muitos de nós, brasileiros que realmente sabem reconhecer os valores de nossos pilotos e entender que Rubinho foi o piloto certo, na equipe certa, mas na época errada, torce para que ele fique. Mas ficar pra quê?
Pra ficar testando/desenvolvendo carros de equipes médias/pequenas?
Sempre com vagas esperanças/promessas de um carro melhor?
Eu sinceramente não acredito mais que o Barrica consiga vaga numa equipe grande, tampouco que volte a vencer com carros de equipes do pelotão intermediário.
Só mesmo em situações adversas como no GP da Inglaterra desse ano, onde mostrou como é válida sua experiência, para que ele consiga voltar a visitar o pódio.
Pra quê prolongar o sofrimento?
Se for pra ser feliz, vencer corridas, ganhar a fama e o prestígio que são de seu merecimento há anos, pela sua carreira íntegra e honesta, que vá para os EUA!!
Quem sou eu pra adivinhar o que pensa o Rubinho, mas acredito que ele não precisa da F-1, principalmente no estágio em que ela se encontra, onde a cartolagem impera e a habilidade dos pilotos é um detalhe.
O Rubinho não tem que se rebaixar a ponto de implorar uma vaga pra ninguém.
Apoiarei e sempre torcerei para o Rubinho, qualquer que seja sua decisão.

Carolina Nicolini disse...

caramba Marcão!!!
Isso que vc escreveu é um post ou um comentário?? hehe

SHOW SHOW SHOW!!!

Augusto Roque disse...

Muito bom o post do Stik e o comentário do Marcão...

Sensacional...Ah esse povo da GGOO, viu...

Como faço desde a época das f-opel, não deixarei de torcer...

- IGOR! - disse...

0% é pouco mesmo hein... uma pena!!!

li ontem na folha de são paulo que a toro rosso pediu um "apoio" de seis a dez milhões de dólares para o barrichello correr lá, aí não dá né!!!

e na f-indy, A1GP, formula superleague ou aonde quer que seja o futuro de barrichello no automobilismo estarei torcendo sim, como sempre... ele merece!!!

Cristiano Moreira disse...

Gente fiquei emocionado em saber que a galera da GGOO sabe reconhecer o talento do Barrichello, faço das palavras do Marcos as minhas e assim como todos vcs eu tb continuarei torcendo para ele aonde ele estiver...
Estou conhecendo esta "torcida" pela net aos poucos, e gostei muito do clima que encontrei, parabéns..