quinta-feira, 10 de julho de 2008

ASPECTOS TÉCNICOS: GP DA INGLATERRA (3)


Durante testes de pré-temporada, em fevereiro, a BMW Sauber acrescentou duas asas na tampa do motor do F1.08. Em Silverstone a Honda adotou uma solução semelhante, acrescentando e posicionado centralmente duas amplas asas (ver área circulada e flecha) na tampa do motor do RA108, em um esforço para melhorar o equilíbrio do carro. A solução tem uma vantagem adicional da redução da carga transferências dianteira e traseira quando o carro acelera ou freia.

2 comentários:

Rodrigo407 disse...

Tanto para o Rubinho como para o Button, acredito que ainda não conseguiram perceber a grande diferença que faz as Asas....mais e o HeidFeld, será que percebeu?

Bom, pelo sim ou pelo não, acho que único q vem tirando proveito é o Kubica, deixando para frear bem em cima das curvas....e com isso vai pontuando........

Marcos - Blog da GGOO disse...

Nada mais a dizer a não ser elogiar essa série Roque.
Como já dito em outra postagem, essas informações saõ bastante interessantes e não são passadas nas transmissões.
Parabéns!