sexta-feira, 1 de abril de 2011

RBR DESCLASSIFICADA DO GP DA AUSTRÁLIA

Já era até previsível.

A foto que foi assunto dos últimos dias nos blogs, sites e demais mídias especializadas, conforme postamos aqui, acabou sendo a prova que a FIA se baseou para punir a equipe RBR com a desclassificação de seus dois carros do GP da Austrália, prova de abertura da temporada 2011 da F-1.

Em reunião realizada no início da manhã de ontem, na sede da entidade, os dirigentes concluiram que a equipe burlou o regulamento, afirmando que as asas dianteiras dos carros da RBR são "flexíveis", conforme pode ser visto na referida imagem, o que fere o regulamento da categoria que proibe o uso deste recurso.

Além dos pontos de pilotos, a equipe também foi punida com a perda dos pontos do campeonato de construtores, e ainda recebeu uma multa de 100 mil dólares. A FIA ainda condicionou a participação da RBR na próxima etapa do mundial, somente após novos testes da asa, dessa vez também em túnel de vento, onde fará uma avaliação comparativa para verificar se há diferença em relação ao teste estático realizado em todas as equipes, que consiste apenas em uma aplicação de peso sobre a asa com o carro parado.

Através de sua assessoria jurídica, a RBR questiona o julgamento "a revelia" realizado pela FIA, alegando a peça foi aprovada pelos testes padrões obrigatórios realizados pela entidade antes do início da temporada e que nenhuma irregularidade foi encontrada, enfatizando ainda que uma simples imagem de TV, neste caso, não pode ser usada como única prova para se impor uma punição dessas.

"A imagem está distorcida, nossa asa está dentro do regulamento" afirma Adrian Newey, engenheiro projetista da equipe, considerado o atual gênio da atualidade na categoria e principal responsável pelos carros da RBR terem tamanha superioridade nas pistas, principalmente no quesito aerodinâmica.

Helmut Marko, consultor da equipe, inconformado com a punição, desabafou: "É um absurdo, trabalhamos duro, deixamos família de lado, perdemos noites de sono, tudo para ter o melhor carro, tudo dentro do regulamento e agora fazem isso??"

Christian Horner, chefe da equipe já avisou que não aceita a punição, irá provar que a FIA está errada e entrará com recurso, lembrando que "com a Ferrari no ano passado, tendo todas as provas, a coisa virou pizza, e agora nos fazem isso com uma simples imagem de TV".

Posteriormente, ao saber das declarações de Horner, Jean todt, presidente da FIA, com um tom nada amistoso, rebateu dizendo que tem provas suficientes para negar qualquer recurso.
É, parece que a novela só está começando.

Enquanto isso, segue nova classificação do mundial de pilotos divulgado pela FIA.

1º - Lewis Hamilton 25 pontos
2º - Vitaly Petrov 18 pontos
3º - Fernando Alonso 15 pontos
4º - Jenson Button 12 pontos
5º - Felipe Massa 10 pontos
6º - Sebastien Buemi 08 pontos
7º - Adrian Sutil 06 pontos
8º - Paul di Resta 04 pontos
9º - Jaime Alguersuari 02 pontos
10º - Nick Heidfeld 01 ponto

E o Mundial de Construtores ficou assim:

1º - McLaren-Mercedes 37 pontos
2º - Ferrari 25 pontos
3º - Renault-Lotus 19 pontos
4º - STR-Ferrari 10 pontos
5º - Force India-Mercedes 10 pontos

E a seguir, cenas dos próximos capítulos.....

2 comentários:

Fernando Augusto disse...

Boa... rs Quase acreditei... Fui correndo olhar nos sites especializados. Primeiro de Abril!!! rs

Information! disse...

uhahuauha
boa..
quase infartei.. ao lembrar q ia me ferrar no bolao..