quinta-feira, 30 de abril de 2009

HÁ 15 ANOS... (2)

30 de abril de 1994, sábado. Depois de muitos anos, a Fórmula 1 voltaria a se deparar com um acidente fatal. Roland Ratzenberger, piloto austríaco de 33 anos, que disputava sua primeira temporada pela equipe Simtek, é traído pelo equipamento durante o treino classificatório. A asa dianteira de seu carro se solta, o piloto perde o controle do carro e choca-se contra o muro da curva Villeneuve a mais de 300km/h. Chega o resgate, os médicos fazem massagens cardíacas para manter o piloto vivo, mas as diversas fraturas em seu crânio e pescoço eram irreversíveis. Sua morte é declara poucos minutos após sua entrada no hospital.



Apesar de todos os fatos ocorridos nos treinos, a corrida foi confirmada para o dia seguinte. Um dia que jamais seria esquecido por uma nação e todos os fãs do automobilismo....

4 comentários:

Rodrigo Cabral disse...

Só em lembrar o final de semana já vem em mente os detalhes..não esqueço..é recente...

Sem palavras!

o meu minuto de silêncio em sua homenagem.

A. ROQUE disse...

Dai, no sábado...no auge dos meus 14 anos, o primeiro baque. Morria, na pista, Ratzenberger.

E a imagem que não me sai da cabeça é o sangue no capacete do pilot austríaco e Senna, aos prantos nos boxes e na pista...

Isso teria consequencias...

- IGOR! - disse...

assistir ao vivo pela primeira à morte de um piloto me abalou forte!!!

Marcos - Blog da GGOO disse...

INFELIZMENTE, não foi a minha primeira vez a ver uma morte na F-1, antes dele, vi a do Gilles Vileneuve e depois a do Ricardo Paletti.
Coisas horríveis de se assitir, dentro de um esporte que tanto se ama.
Mas outra coisa chocante de se ver, é o rombo na lateral do cockpit da Sintek, por onde se pode ver o braço do Roland, coisa que não deveria ocorrer, mas devido a liberação da FIA para o carro correr na temporada, mesmo não atendendo algumas exigências, foi determinante para o acidente ter sido fatal.
Eu não lembro bem da história citada na época, mas parece que o Bernie tinha participação na equipe, ou ações, por isso foi dado um "jeitinho" e o carro foi liberado pra correr.
Eu não consigo lembrar ao certo agora, mas é alguma coisa desse naipe.
Se alguém lembrar, por favor conte aqui.