quinta-feira, 30 de abril de 2009

A F-1 PRECISA DE UM BECKHAM?

Tio Bernie Ecclestone soltou mais uma das suas, dizendo que faltam pilotos hoje com o porte de um Messi ou um Beckham. Trocando a miúdos, faltam pilotos que sejam verdadeiros marketeiros.

Até que ponto a F-1 precisa disso? O charme, a tradição e, principalmente, o homem, foram deixados de lado em prol do negócio. A quanto tempo não vemos pilotos apaixonados (nos dois sentidos) e que apaixonam.

A F-1 deixou de ser acessível para todos. No seu respectivo mundinho, todos são "complicados e perfeitinhos", não ousam, não falam palavrão, se bobear pedem ajuda até pra ir no banheiro.

O que falta não F-1 não é um Beckham ou um Messi, falta interatividade entre público e pilotos. Contato, liberdade para se caminhar, liberdade para conversar com um piloto. Deixar o público a vontade...

Falta o lado humano do esporte...e isso, só se muda com atitudes. Quem vai a Interlagos, com a GGOO, sabe das dificuldades para se ter contato com as máquinas. Parecem até algo virtual, intocável.

Deixem os pilotos serem gente. Nos deixe sonhar em sermos pilotos. Com esta linha de raciocínio, certamente, a F-1 ganhará novos adeptos.

4 comentários:

Rodrigo Lopes - O Moconauta disse...

por isso q desde q o Massa deu aquele chega pra lá no Alonso no GP da Espanha em 2007 e os dois bateram boca e depois da reação do Massa no GP Brasil e o fato de o Alonso sair da Mclaren por causa da proteção ao Hamilton, passei a admira-los mto mais...

Andrews disse...

Acho que eu entendi o que ele quis dizer. Acompanho a Nascar e lá tem esse tipo de piloto, mas não no sentido marketeiro, é um tipo de piloto cujo público se identifica, torce e por consequência consome os produtos relacionado à ele. Na F1 o negócio é mais nacionalizado, tirando a torcida pela Ferrari. Não existe um piloto que todos gostem. Mas na minha opinião isso não é culpa dos pilotos, mas sim da F1 que está chata, burocrática. O piloto não pode mais dar a volta da vitória com a bandeira de seu país, que era fantástico. Na Moto GP por ex. o Lorenzo crava sua bandeira sempre q vence e isso cativa o público.

Rodrigo Cabral disse...

A Stock Car esta pagando este preço..a poderosa faz e desfaz na transmissão e horários das provas.

Agora, veja a F. Truck, é febre e sucesso de público por onde passa. Qual seria a receita do sucesso?

Até eu estou querendo em assistir uma prova!

Marcos - Blog da GGOO disse...

Rodrigo, esse ano veremos a Truck em Interlagos, pode agendar e vir com a gente!