quinta-feira, 4 de novembro de 2010

ESPECIAL GP BRASIL: FAMÍLIA

Ontem, Rubens Barrichello em evento na Granja Vianna, andou com os filhos no Kartodromo e disse estar orgulhoso da participação dos mesmos em momentos especiais e divertidos, mesmo sabendo que os filhos poderão não seguir os seus passos.

Essa participação familiar também ocorre na GGOO, desde 2007, pais e filhos vão juntos ver o GP Brasil, compartilhar as emoções, torcer, vibrar, acudir, prever o tempo e contar histórias e mais histórias. Em 2007, Seo Wilson e o Igor, em 2008, 2009 e 2010, Dr. Roque acompanhando este que vos escreve. Esse ano, a lista de pais e filhos que assistirão a corrida vai aumentar. Será a vez do nosso inestimado presidente levar seus dois pequenos para assistirem a F-1 pela primeira vez.

E mais do que isso, vai infectando com o "bichinho da velocidade" aquele que virá em breve. Como aconteceu com o meu pai, que assistia o GP Brasil de 1980, em Interlagos, enquanto minha mãe estava na maternidade.

Mais do que pais e filhos, maridos e esposas estarão presentes, namorados e namoradas, tios, tias, irmãos...o que faz a GGOO ter um clima absolutamente familiar, inclusive despejando os palavrões que são falados a plenos pulmões no setor G em Interlagos.

E que neste clima, venham mais e mais GP's Brasil e muitas corridas juntos!

2 comentários:

Douglas disse...

Em meu primeiro GP BRASIL em 2004, fui com minha irma e com o namorado dela... Em um "harmonioso" clima familiar... Até começar a chamar o cara de SÓCIO e tudo mais e o pau começar a cantar kkkkkkkk... Mas sei que sempre faltará assistir uma corrida de F-1 em Interlagos na compania de meu pai, mesmo que essa possibilidade se concretize apenas em sonhos... ÓTIMO GP BRASIL GGOO...

Igor * disse...

palavrões sim, mas tudo em família... BANDO DE FDP's!!!