quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

GGOO DESAFIO


Alguém aí sabe que carro é esse, ano e quem é o piloto?
Cartas para a redação, por favor.
(Roque e Igor, vocês estão fora dessa!!)

13 comentários:

Leandro Castro disse...

Lotus 56B Turbine. Emerson Fittipaldi

Leandro Castro disse...

Faltou o ano. 1971

Abraços

Leandro Castro disse...

Faltou o ano. 1971. Vale um chute: o autrodomo é Silvertone. Me corrija se eu estiver errado.

Abraços

LéLa Rosa disse...

Poxa Marcos, da próxima vez não esquece de salvar a foto como outro nome!!!!

Cin disse...

Mandou bem Rosa!
E eu que sou a loira...

HELLOOOOOO!!! :P

Marcos - Blog da GGOO disse...

Nossa, que vergonha!!!
Fui malzérrimo nessa...
Tb, eram 3 da manhã, bebaço de sono...acontece.
Na próxima eu "dificulto"!!!

Marcos - Blog da GGOO disse...

Mas agora eu quero ver quem sabe a marca da meia que ele usou nesse dia, a que horas ele chegou no autódromo, quantos litros tinham no tanque e o nome do borracheiro que calibrou os pneus.

A-haaaaaa!!!

E aí???

Jimmy disse...

era uma meia lupo, cinza.
ele chegou na pista entre 0:01 e 23:59 e o nome do borracheiro era john smith.

pronto!

Augusto Roque disse...

É só eu ficar um dia longe e acontece isso?

Ai ai ai ai ai...

Boa resposta Jimmão!

LéLa Rosa disse...

Negativo Sr. Jimmy
Era uma meia puket, listrada verde e vermelho com separação para dedinhos.
Chegou na pista exatamente às 00:00 akira que tem oficina lá na Corifeu.

LéLa Rosa disse...

ahhh e tinha 5,55998 litros de gasosa

LéLa Rosa disse...

Ou melhor... era Biodiesel

Dr. Roque disse...

A foto é do Emerson, testando um Lotus movido a Turbina, no final 71, ele teoricamente iria substituir o Lotus 72, as cores do patrocínio já estavam no carro apenas de ordem invertida, para quem não lembra saia o Gold Leaf (Vermelho, Branco e Dourado) para o John Player Special, Preto e Dourado, que seria chamado de pretinha pelo Emerson. Se fosse nos dias de hoje do politicamente correto... como lembrete, antes do 72 dar certo e quebrar um monte de suspensões traseiras, era chamado de caixão.
Um grande abraço, Dr. Roque