quarta-feira, 24 de setembro de 2008

SERÁ QUE TEMOS ESSE DIREITO?

Salve, nobres integrantes da GGOO (ou nobres FDP's, como queiram)!

Ouço e leio muitas pessoas reclamando das atuais declarações de Lewis Hamilton e, antes de mais nada, gostaria de deixar bem claro que sou uma dessas pessoas.

Pois bem, tais declarações têm causado um certo mal-estar entre os fãs brasileiros (talvez até mundias, mas não vem ao caso, foco no Brasil agora) devido ao envolvimento direto de Felipe Massa na briga pelo título. Daí eu pergunto:

"Será que temos o direito de reclamar de Lewis Hamilton?"

Vamos voltar alguns anos, uns 16 tá bom? Sim, acho que sim. Tínhamos um mestre em declarações para exaltar os ânimos (já exaltados) da apaixonante torcida brasileira. Movimentos estudados, como de um pensador, dando aquela pausa e inspirando fortemente, como quem espera uma inspiração divina para uma resposta na coletiva de imprensa. E ela vinha... frases marcantes, fortes, filosóficas... sempre inflamantes no peito dos brasileiro. Bem, acho que vocês sabem de quem falo. Tais atitudes junto da incrível capacidade de pilotagem o tornaram o maior ídolo do país.

E agora voltaremos um pouco mais...25 anos, década de 80, pode ser? Bem, uma equipe inglesa...um piloto inglês..casamento perfeito, certo? Quase. Havia um certo piloto brasileiro nessa equipe, esperto que era já entendeu como as coisas funcionariam. O que fazer, então? Lado pscicológico. Infernizou a vida desse piloto Inglês dentro e fora das pistas com declarações ora fortes, ora hilárias, enfim, soube como poucos a arte da influência pscicológica. Funcionou direitinho. Vocês são ligeiros, acho que já mataram quem é o brazuca...

Agora uma reflexão, ou seria uma constatação pessoal? Não sei. Só queria alertar pro fato de que Hamilton está usando dos mesmos artifícios extra-pistas que nossos próprios ídolos utilizaram no passado!

E "intra-pista"?? Por enquanto tá devendo... quem sabe se avançarmos um pouco no tempo...5 anos, pode ser?

Abraço!

Vagner Giacomazzi (Duff)

6 comentários:

Augusto Roque disse...

Que bela estréia, DUFF!

Seja bem vindo!

Sobre a polêmica, concordo com você em todos os pontos de vista, só que os pilotos brazucas fizeram algo na pista que este inglês ainda não fez...ou fez em partes. Aceleraram e ganharam.

Mais uma vez, Parabéns!

Daniel Macarenco disse...

Arrisco dizer que é a melhor estréia.

Hamilton tem um estilo daqueles que, se fosse brasileiro, todos nós iriamos ama-lo, mas ainda falta ter paciência e humildade fora do circo. Falar que é o melhor em um tribunal e ficar vendo os SMS's durante um julgamento ou algo parecido é pura imaturidade e desrespeito a F1.

Jimmy disse...

Cara... Que bela estréia!

Concordo com td o q vc escreveu ae!

Se fosse um brasileiro, as coisas iam ser bem diferentes...

Marcos - Blog da GGOO disse...

Putz, não deixaram mais nada pra eu falar???

Falar que foi uma exuberante estréia, nem precisa.

Bem, concordando portanto com os pontos de vistas retro expostos e acrescentando, a F-1 carecia de alguém como Hamilton, tá dando emoção também fora das pistas, e nelas fazendo aquilo que tanto tínhamos saudades de ver: ultrapassando, tocando rodas, baixando tempos, enfim, tirando a monotonia dos últimos anos.
Potencial e capacidade tem de sobra, e isso já mostrou, se não está sendo eficaz, isso já é outra história....

Parabéns Duff, só engrandeceu esse singelo blog!!

Cin disse...

Parabens Duff!!!
Deixa ele falar... vamos ver se vai funcionar!!!

- IGOR! - disse...

bela estréia duff!!! aqui nesse blog sempre temos surpresas positivas...

só sei que a mídia daqui fará de tudo para transformar o hamilton no
"inimigo nº1 nacional"... seu crime: disputar o título contra um brasileiro!!!