domingo, 25 de julho de 2010

VERGONHA!!!

Hoje não! Hoje não! Hoje não! Hoje sim? Hoje sim...

Esse momento inesquecível e vergonhoso do automobilismo ocorrido durante o GP da Austria de 2002, entre Michael Schumacher e Rubens Barrichello, então pilotando para a equipe Ferrari, voltou a acontecer hoje durante o GP da Alemanha de 2010, com Fernando Alonso e Felipe Massa. Pasmem, pela mesma equipe Ferrari.

A inversão de valores que esta equipe faz do esporte é algo que devemos repensar na forma de pensar e agir. A F-1 não vive sem Ferrari é fato, e não existe Ferrari sem F-1, mas o que houve hoje, tal como em 2002, foi uma vergonha tão grande que fere a dignidade de quem assiste a isso nas manhãs de domingo, que vão aos autódromos do mundo, que formam torcidas para verem suas corridas.

A Ferrari, hoje, deu mais um mau exemplo de como não se deve agir. Vergonha, muita vergonha. Fernando Alonso, assume de vez o papel de Dick Vigarista e Massa de fiel escudeiro Mutley. Vergonha. Para os apreciadores do automobilismo, para a história, para mim.

7 comentários:

Anônimo disse...

Assisto a Formula 1 desde 1981.

Nunca mais vou assistir esta porcaria que pensei que fosse um esporte que amava até hoje. Na verdade não é um esporte, é um embuste como bem tu definiste, é uma coisa sem moral, SEM CARÁTER, SÓ FALCATRUA.

Desde o início dessa temporada, Massa mostrou-se um submisso, vendido, sem dignidade, que envergonha os brasileiros, acatando uma mentira que foi essa vitória do Alonso.

Todos OUVIRAM E VIRAM a falcatrua da Ferrari de hoje no GP da Alemanha, em que a vitória estava assegurada com o Massa, que, infelizmente, provou hoje que não está na Fórmula 1 para vencer, mas para ser um capacho, sem caráter, enganando e envergonhando a todos os brasileiros.

Pior de tudo foi o Massa não ter coragem de falar a verdade na entrevista após a corrida, preferiu participar da mentira da Ferrari para todo mundo, para ser o funcionário "capachão" . Um lixo!

Não assistirei mais a Fórmula 1 e não comprarei automóveis da montadora que controla a Ferrari, pois não compactuo com a farsa, a mentira e a falta de moral de todos os envolvidos, pois comercialmente a FIAT vai perder muito no Brasil.

Anônimo disse...

O Rubinho pe de chinelo fez escola no Brasil? E uma vergonha saber que nosso melhor piloto na atualidade nao tem culhao! Queria ver isso acontecer se ainda tivessemos verdadeiros campeoes com Emerson, Piquet e Airton. VERGONHA, VERGONHA, VERGONHA !!!

Anônimo disse...

Não sei como os "fans" da Ferrari conseguem continuar torcendo por essa máfia italiana. Deopis do que fizeram com o Rubinho para beneficiar o alemão, era para abandoná-la de vez. Eu não me iludi em momento algum com o Felipe Massa. Torci, sim, como brasileiro, por ele em 2008; mas, nunca alimentei esperanças de título justamente por ele estar nessa equipe. A Ferrari deve ser banida da F1!!!

Dr. Roque disse...

Antes de falar do Rubinho, a ferrari(com minúscula mesmo) fez Irvine perder um campeonato mundial só para no ano seguinte o Dick Vigarista (tinha se acidentado) ser campeão. E multa de $100,000 prá ferrari? É o mesmo que o valor de 1/2 cafezinho de coador no buteco da esquina. Não existe nenhum respeito com o público, que paga e muito bem, com o show, e principalmente é uma categoria AMORAL em que nós bananas ainda acordamos cedo, torcemos, lemos e escrevemos sobre ela.

Igor * disse...

resolvi que a partir de hoje vou torcer contra tudo e todos que representem essa equipe que só faz mal ao esporte que tanto gostamos!!! essa equipe atingiu o nível glock (FDP)... e acho que já temos o tema para a faixa desse ano em interlagos hein!!!

Cássio Eduardo Faria Sobue disse...

Vergonha, vergonha, vergonha.

Hoje, vejo que realmente podemos chamar isso tudo de "Circo da Fórmula 1". Lamentável que o raio tenha caído duas vezes no mesmo lugar. E Felipe Massa, que foi valente em seu retorno após um grave acidente, que emocionou o país em 2008 ao ser vice de Hamilton em pleno país, fez o papel de "funcionário da casa", e se esqueceu que para entrar pra história devem ser mais que um simples empregado. Ser campeão é mostrar que seu talento supera a modernidade dos carros que hoje domina a F1, é ser mais que uma equipe. E além disso, os pilotos que entraram pra história como Emerson Fittipaldi, Piquet, Senna, Prost, Mansell entre outros têm seus nomes na história, e somente os mais entendidos de Fórmula 1 se lembram dos carros que cada um pilotavam quando foram campeões.

Lamentável Massa. "Parabéns" por ser o funcionário da mês da Ferrari.

Marcos - Blog da GGOO disse...

Além de todo meu desprezo à esse pilotinho que só sabe ganhar no grito e no choro, o principal culpado mesmo foi o Massa, que se rebaixou a esse papel ridículo (isso sim foi ridículo)
Quando ele defendeu a posição, fechou a porta na cara do Choronso, pensei: Aí Massa, mostra que hoje não!"
Putz....ledo engano.
Tem o detalhe do Santander, o presidente do banco vive nos boxes da Ferrari, sabemos o que move a F-1 de hoje, e etc, etc, etc....mas nada justifica perder o respeito.
É, Massa, lamentável, espero que seu filho não sinta vergonha de vc um dia quando assistir isso...