sábado, 10 de julho de 2010

O REAL MOTIVO DA SAÍDA DE BRUNO SENNA DO GP DA INGLATERRA

Por Ico (Luis Fernando Ramos) ao Lance!



Foi uma decisão curiosa: ao mesmo tempo em que a Hispania efetivou a substituição de Bruno Senna por Sakon Yamamoto para o GP da Inglaterra, confirmou que o brasileiro correrá todas as etapas até o fim do ano. O anúncio foi feito após reunião na manhã de sexta-feira entre o agente do brasileiro, o inglês Chris Goodwin, e o dono do time, o empresário José Ramón Carabante.
Apesar das constantes negativas do chefe da equipe, Colin Kolles, de que a decisão foi motivada por questões financeiras, Luis Fernando Ramos apurou que o problema foi justamente dinheiro. E o afastamento do brasileiro saiu após uma confusa cadeia de acontecimentos.
Segundo diferentes fontes, realmente foi oferecida uma vaga a Yamamoto. Mas não a de Bruno Senna, e sim a do seu companheiro de equipe Karun Chandhok. O indiano tem um acordo de apoio financeiro e não teria honrado esse compromisso semana passada. A Yamamoto foi sinalizado que um pagamento de US$ 5 milhões (cerca de R$ 8,8 milhões) lhe garantiria o lugar de Chandhok até o fim do ano.
Ele depositou US$ 1,5 milhão (R$ 2,6 milhões) nos cofres do time e ficou de pagar o restante em breve. Mas o pai de Chandhok pagou o que devia na quinta-feira, colocando Kolles e o time numa saia justa.
Aparentemente, Kolles contornou o problema dando ao japonês o GP que lhe havia prometido e mantido o “pagador” Chandhok. Bruno ficou fora desta etapa, mas tem um contrato firme e teve como garantia a vaga até o fim de ano. Com o bônus de não ter mais de ceder seu cockpit a um dos pilotos de testes (Yamamoto e o austríaco Christian Klien) nem nos treinos de sexta.
Misterioso, Kolles apenas buscou confirmar o que a equipe divulgou em nota. O brasileiro segue com sua vaga garantida. E a Hispania, na busca pela grana para garantir a sobrevivência, sairá da Inglaterra com um grande abacaxi para descascar: se dois pagaram pela segunda vaga, quem a levará?

4 comentários:

Marcos - Blog da GGOO disse...

O "Regi", apelido dado pelos globais à Reginaldo Leme durante as transmissões da F-1 e que acho que não combina nada, já disse que foi castigo pelo Bruno ter reclamado do carro.
E aí?
Boatos, sempre os boatos...

Igor * disse...

foi "castigo" por não ter a grana do japa, isso sim...

ANDRE DE ITU disse...

o SENINHA merece coisa melhor...ninguem pode avaliar a sua real capacidade(nem a do chandok),pois com essa bomba com rodas nem o nosso AYRTON conseguiria fazer alguma coisa...

Marcos - Blog da GGOO disse...

Concordo