quarta-feira, 26 de novembro de 2008

RBR 100% STR

O anúncio da venda dos 50% da Toro Rosso pertencentes à Gehard Berger para a Red Bull gera as seguintes implicações à formula 1:

a) a escolha dos pilotos talentosos deixará de existir

b) a STR deixará de ser competitiva em 2009, ao contrário do que todos imaginavam (vide Honda X Super Aguri)

c) as portas se fecham para Bruno Senna

d) O dinheiro implicará em todas as contratações, logo veremos novamente os carros italianos no final do grid.


que pena... assim, a Honda deve estar dando pulos de alegria.

3 comentários:

- IGOR! - disse...

só sei que sem o berger no comando o rendimento da equipe cairá, muito...

Marcos - Blog da GGOO disse...

É uma pena não termos mais o Berger no comando da equipe, uma pena....
Com relação ao Bruno, ainda penso que ele não está preparado pra F-1, deveria fazer mais uma temporada na GP2.
E sendo muito bem feita, as portas na F-1 se abrirão naturalmente

Rodrigo Cabral disse...

No andar de carroças...digo, mais uma temporada disputando as últimas posições. Salvem a Honda deste buraco!

Ao jovem Bruno, mais um ano de GP2 não iria lhe fazer mal algum...