segunda-feira, 23 de agosto de 2010

RUBENS 300: GP DA EUROPA, 1993


Uma corrida que todos falam de Ayrton Senna e muita gente esquece dos feitos de Barrichello. Largando em 14º e completando a primeira volta em 4º lugar. Fazia uma provo consistente e brilhante, chegando a ocupar o segundo lugar em alguns momentos. Porém, quando estava em terceiro, na frente de Damon Hill com sua Williams de outro planeta, o seu carro quebrou. Mas, como bem disse Galvão Bueno, guardaríamos para sempre o nome de Rubinho.

Um comentário:

Igor * disse...

que show... que zica!!!